MAD ABOUT!

MadMen_Splash_v2_home_05

Eu nasci nos anos 60 mas adoraria já ter sido adulta naquela década. Como eu amo as músicas, a moda, o design e toda a estética dessa época, sem falar que mundialmente foi socialmente revolucionária e evolucionária.

Acabo de ver um mimo que adoraria ganhar nesta Natal: a trilha sonora completa em LP e um toca discos portátil da série Mad Man. Bom, simplesmente meu objeto de desejo desde a infância com a minha companheira vitrolinha Sonata que carregava até pra praia. Sem contar com a trilha incrível de todas as temporadas que podemos ouvir neste link compilado abaixo:

15.10.2015

BN-KV475_1020ba_G_20151020113813

Hoje é o #BackToTheFutureDay. Dia em que, em 1985, Marty McFly (Michael J. Fox) chega ao futuro exatamente em 21 de outubro de 2015, hoje. Entre os mais apaixonados pela trilogia Back To The Future, filme de 1985, onde o famoso carro DeLorean faz papel da máquina do tempo, há os que odeiam a ideia do lançamento de um quarto filme da série e os que, apesar de saberem que a possibilidade é remota, guardam um tantinho de esperança. Mas, como declarou Fox, hoje com 54 anos e que sofre do mal de Parkinson, admitiu que até chegou a pensar em abandonar a carreira antes do papel de Marty McFly, mas de repente, se viu em um set ao lado de Steven Spielberg. “Quando você tem 17 anos, muita coisa parece impossível. O Doc )Christopher Lloyd) mostrava ao Marty que as coisas eram possíveis. Ele o aceitava como ele era, e divide com ele aquela aventura.”

15293392

Porém, certamente hoje temos uma outra realidade, pois chegamos a 2015 sem carros voadores, roupas que se secam sozinhas, tênis que se ajustam aos pés automaticamente e skates flutuantes. O fato é que o dia de hoje será celebrado de diversas formas, principalmente por nostalgia de pelo menos três gerações. E uma destas comemorações é o lançamento do livro “De Volta para o Futuro – Os Bastidores da Trilogia” (Darkside Books), além de muitos fãs postando em redes sociais e blogs sobre este dia…como eu!

1000 ITALIANI PER FOO FIGHTERS

Linda cena que bombou ontem nas redes sociais: 1.000 músicos roqueiros italianos tocando e cantando “Learn to Fly” do Foo Fighters para pedir a Dave Grohl que venham a Cesena, na região da Emilia Romagna, Itália. De arrepiar! Agora é só esperar o resultado e saber quando vai rolar o show.

SEE YOU SOON!!!

Burn Baby Burn Farewell from marcos ribeiro on Vimeo.

Poucas pessoas passam pelas nossas vidas e deixam lembranças em momentos incríveis e memoráveis. Este é o caso de Marcos Ribeiro, que se tornou um amigo querido depois de mais de uma década que o conhecia apenas como colega de trabalho. Festas, almoços, viagens, festas, desabafos, confissões, festas, conselhos, caipirinhas, festas, risadas, inúmeras fotos… Agora Marcos, depois de muitos anos como diretor de criação na agência Ogilgy Brasil, está indo embora morar em Nova York para trabalhar na Ogilvy de lá. Mais que merecido para este seu momento. Uma grande conquista para ele, mas uma grande perda para mim e para todos os amigos queridos dele. Como sempre, ele registra estes momentos em filminhos que ele mesmo produz em fotos clipadas e com uma trilha sonora incrível escolhida a dedo por ele. CHOREI! Principalmente quando li em rede social: “Amigos, no pique de comemoração e despedida, aqui vai um filminho com imagens antigas e inéditas de alguns dos melhores momentos que passei com vcs. Enjoy!”

Amigo querido, se joga! Te vejo em NY em breve!!!

STRIKE THE POSE!

Screen Shot 2013-09-03 at 19.04.18

Nesse mundo, em que a inveja é um regulador social, as aparências são decisivas porque elas comandam a inveja dos outros. Por exemplo, o que conta não é “ser feliz”, mas parecer invejavelmente feliz. O “ter” passa a ser mais importante do que “ser”. É simples mostrar o brilho de roupas e bugigangas aos olhos dos invejosos. Complicado seria lhes mostrar vestígios de vida interior e pedir que nos invejem por isso. Ultimamente tudo gira em torno do tão falado e almejado “Lifestyle” dos outros.

Assisti “The Bling Ring” de Sofia Coppola. Uma das minhas diretoras favoritas, mas que de vez em quando erra a mão. De qualquer forma, abordou um assunto muito atual: o deslumbre dos jovens da classe média com a vida das celebridades nas redes sociais e no Google. O Facebook é o instrumento perfeito para um mundo em que a inveja é um regulador social. Nele, quase todos mentem, mas circula uma verdade de nossa cultura: o valor social de cada um se confunde com a inveja que ele consegue suscitar. A história é até interessante pois é baseada em fatos reais registrados pela jornalista Nancy Jo Sales para a revista Vanity Fair, onde um grupo de estudantes universitários em Los Angeles passa a assaltar as casas de suas celebridades favoritas para ter vestidos, bolsas e sapatos de grifes, além de roubar dinheiro para cair nas melhores baladas da cidade e postar fotos no Facebook. O roteiro acabou parecendo mais um documentário, mas pelo menos serve para registrar o quanto essa geração se deslumbra com muita pose desse mundinho de blogueiras onde o look do dia com fotos no espelho do elevador vale mais do que mil palavras.

DOIS MARCOS

Meus dois amigos, dois Marcos. Quer dizer, um deles Marcus, o Marquinhos. Dois talentos. Um diretor de cinema e de conteúdo para TV, outro diretor de arte e de criação publicitária. Os dois coincidentemente fizeram seus filminhos com suas fotos de iPhone realizadas durante 2012 e postaram para os amigos que estão inclusos neles. Uma delícia de retrospectiva. Cada um com suas histórias, amigos, paixões, amores, festas, inúmeras viagens, lugares, imagens, caretas, e tudo aquilo que também acompanhamos deles no Facebook ou no Instagram. Agora condensado em um só capítulo, ufa! Gostei! Taí pra gente se inspirar de como é passar a vida vivendo emoções em cada capítulo.

ESTE É DE MARCOS RIBEIRO

2012 Synchronize from marcos ribeiro on Vimeo.

ESTE É DE MARQUINHOS FERNANDES

E como diz aquele filme da Nike: “It’s not the years in your life, but life in your years that counts.” #makeitcount

MARATONA SP 2012

E lá fui eu em mais uma Maratona Internacional de São Paulo. Dia 17 de junho participei novamente nos 10k e esse ano, ainda bem, depois de continuar treinando como louca, consegui terminar com tempo meno do que 2011, 2010 e 2009: 1 hora e 03 minutos e cheguei como 334ª na categoria feminina com 1.517 participantes nesta categoria. Agora é continuar treinando para novamente correr 21k na Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro em agosto. Corra, Simo, corra!!!